“A NEUROCIÊNCIA"


Imprimir


MENTE, CEREBROS, CONSCIÊNCIAS, E COGNIÇÃO

POSTADO EM 21.08.2009

AUTOR: MÉDIUM CIENTÍFICO DILMAR DUTRA

     Fonte: Diversos espíritos em perfeita sintonia, com os estudos de Cientistas encarnados, publicados na mídia e compilados pelo médium em questão, que levou tudo para o “Campo Unificado”, ou “Campo Taquiônico”.
     Permito-me, diante do acompanhamento ao longo da minha vida, discordar das conclusões materialistas desse fabuloso compêndio das Ciências Integrais, na busca da verdade através da Neurociência da mente e do comportamento, ao confrontar revelações espirituais, com estudos laboratoriais na busca de explicações como consciência humana, cognição e atividades cerebrais a saber:
      Primeiro precisamos saber especificamente o que é NEUROCIÊNCIA?
      Resposta: A Neurociência é uma denominação terminológica para determinar o conjunto de disciplinas referentes ao sistema nervoso, tentando decifrar as bases cerebrais da “Mente Humana”, ou melhor, definir o que a Mente tem a ver com o Cérebro e a Consciência com a Cognição.
     Na visão materialista, consciência e mente são oriundas de atividades cerebrais e são manifestações localizadas e de uma parcialidade incongruente, ou seja, tem ausência da Verdade.
     Na visão extrafísica, ou espiritual, o cérebro é um epifenônimo do “EU MENTE”, ou seja, é um subproduto do “EU MENTE ESPÍRITO”.

Vejamos:
      A imparcialidade Espiritual busca pelas Ciências Integrais, ou a Ciência da Consciência, responder desde a sua base “Bacteriana” que é ancestral comum primevos de todos os Sistemas Vivos e não são só, de humanos, porque foca uma percepção mais profunda na origem genética, que não pode ficar de fora de nenhum estudo sério.
     -Diante disso, entendemos que são muitas as consciências do “Eu Mente Espírito”, estabelecidas em grau, por espécie do Reino Celular, aos quais todos os Sistemas Vivos pertencem.
      A aquisição de conhecimento, ou seja, “Cognição”, são um compêndio, uma vulgata, ou ainda, uma enciclopédia de memórias filogenéticas, creadas (fundidas) pelo “Eu Mente Espiritual”, na criação, por uma caixa de massa cinzenta, de memória localizada em organismos multicelulares, fruto de muitas transformações e adaptações, na luta tridimensional de esconde, esconde, ou Cadeia Alimentar de presas e predadores, ou seja, Cadeia de Almas e Almas-grupo, respectivamente, unicelulares e multicelulares, que por terminologia, recebeu o nome de cérebro (um pudim biológico de neurônios e massa cinzenta, branca e vermelha, que a cadeia de presas e predadores no caso (bactérias), acham uma delicia, depois de mortas – Obs.: Morte em “NAACAL” língua atlante, significa, alimento pronto para ser digerido.
      A nosso ver, as consciências ativadas, pelas espécies do reino celular, são inseridas em áreas cerebrais localizadas, a cada mutação de ativação ou desativação, (caso em que o “DNAr”, ou “RDNA” transfere memória, ao novo DNAr, de forma filogenética). Vejam! Bactéria pensa como bactéria; humanos pensam como humanos; outros animais, pensam como animais, e com a consciência atribuída (ativada) de cada espécie, as consciências estão aquém (anteriores), a tomada de observação que resulta em percepção, independente de ter cérebro ou não. Já a atividade psíquica, advém da insegurança manifestada pelo medo, como sentimento registrado nas memórias filogenéticas. - Resumindo o “Eu Mente Espírito Consciências” é a causa primária (por favor, não confundir com primitiva).
      O cérebro é um efeito das ativações e desativações da união das Cadeias de RNA e de adaptações de DNA ou apenas “DNAr”, ou ainda “RDNA” que funde um compêndio de memórias filogenéticas, que revestem e interagem o tempo todo com os sistemas vivos. Os cérebros atuam através das mentes por consciências inseridas em cada espécie do Reino Celular.
      O ‘Eu Mente Espiritual’ é um evento não localizado, apenas interage ou reveste, ou “reveste e interage” com todas as Unidades Almáticas e Atômicas de Vida.
Para se chegar a esta conclusão, é necessário estudar com profundidade absoluta, integrando todas as Ciências com a Espiritualidade, também, Integral, desde a origem da materialização, processada pelas atividades ambientais, dirigidas pelo Eu Mente Espírito (energias) organizadores da geração microtubular de membranas, a partir dos citoesqueletos, onde a luz, explosões de cálcio, elementos bioquímicos, são conduzidos do meio ambiente, para formação de uma unidade atômica, ou seja, um compêndio de proteínas “Células, moléculas inorgânicas e orgânicas, mais cálcio, levam todas as informações registrando-as nas chamadas memórias filogenéticas, a partir da luz.
       Essa atividade psíquica surge à medida que os cérebros são dirigidos pelo “Eu Mente Espiritual”, que seleciona cópias idênticas geradas em blocos, a partir de “células tronco neurais” Almáticas, no plural, ou seja, pela mitose – (dança dos cromossomos), diferentemente dos organismos unicelulares, ou singulares pela divisão binária mutativa anteriormente processadas pelas memórias filogenéticas, hoje os cérebros (um compendio de memórias filogenéticas), recebem informações no sentido de permanecem apenas, as que pela nova adaptação, mostram-se capazes de maturar, para formar novas adaptações que mostram-se capazes de maturar, para formar novas redes neurais. Se pudéssemos acompanhar em lâminas laboratoriais esse processo, veríamos como os genes trocam constantemente de posição, para fecundar as chamadas células de princípios femininos (XX), por, doação e divisão binária . Os genes (XY) trocam de posição sistematicamente, fecundando as matriarcais progenitoras, pelo processo de doação como citamos, e isso chamamos de sexo biológico, para produzir cópias idênticas e perfeitas, para que seus receptores neurais obedeçam ao comando telepático, do “Eu Mente Espírito”, interagindo e revestindo, o pudim de massa cinzenta, branca e vermelha, ou cérebro, fazendo uma seleção dirigida e inserindo a rede neural adaptativa, para o surgimento da diversidade, como um projeto em elaboração coordenado do meio ambiente pelo “Eu Mente” que torna possível suportar, escolhas selecionadas, manifestando o medo, pela incerteza relacionada a quem vai maturar e permanecer, o (suicídio arbitral ocorre à medida, que a atividade, se processa em alterações mutativa de maturação. Aquelas rejeitadas, ou não maturadas, cometem o suicídio arbitral, à medida que essas alterações ativadas e maturadas ocorrem num tempo de aproximadamente 14 minutos (tempo de nova replicação) e de mutações somáticas).
       O vírus que fez sexo biológico com a bactéria, após a ação tumoral, morre, ao praticar a divisão binária, e essa replicação, alimenta-se pela manifestação de um carcinoma, deixa as crias nesse carcinoma para codificação, inteiração e replicações posteriores, que começam a manifestar outras mutações até interagir hereditariamente como geradores de membrana, para a nova diversidade, e são chamados genes saltadores, saltam como uma nova espécie do hospedeiro, manifestado pelos carcinomas, já dentro e interagindo com a unidade biológica e tornam-se viajantes, para uma nova hospedagem dentro do cérebro, corrige a mutação adaptando-a, em um novo DNAr que surge em gerações posteriores. Isto se chama Ciência das Consciências mutantes ativadoras e desativadoras do novo DNAr dando-lhes condições cognitivas pela observação, pela percepção e pela intuição de todos os sistemas vivos.
      Vou abrir um espaço para um comentário pessoal.
       Alguns palestrantes estão invertendo os valores ou entendendo tudo ao contrário (tudo errado em relação à terminologia “cognição” ou, “Aquisição de conhecimento”. Recuso-me acreditar que em pleno século XXI, revistas especializadas e livros religiosos afirmem que o aprendizado ou aquisição de conhecimentos, esteja desligado, precisando de uma religação, ou seja, de uma religião, para se manifestar em aprendizado nos “Seres Humanos”, visão diferente da verdade científica e para nós, incongruente.
       Nada está desligado de nada, tudo está ligado tudo, e não é só para os seres humanos, e sim para todos os Sistemas vivos, para todos os Sistemas do Reino Celular, pois todos estão ligados pelo Amor, que se encontra inserido em todos os sistemas vivos. (O AMOR é Energia Taquiônica).
       Fico surpreso ao verificar como os equívocos religiosos transformam um conjunto de Dogmas, em sentença absoluta.
        Irmãos! Como dissemos acima, estamos em pleno século XXI, aonde os “saltos Cognitivos” já vão deixando de serem Quânticos, passando a serem Taquiônicos, ou seja, a tecnologia auxilia a percepção muito além da chegada da luz, quando a percepção alcança uma velocidade 27 vezes maior do que a velocidade da luz manifesta-se a iluminação.
        Todo excesso como o fanatismo religioso (religatório) deixa as pessoas cegas. Por exemplo: Aonde se encaixam os índios, os aborígenes, os ateus, os cientistas materialistas e todos os animais desde as bactérias, os fungos, os micróbios etc.
       É preciso ter um mínimo de critério racional e de bom senso, e de conhecimento de seres vivos, de Ecologia, de amor ao Planeta, de Ciências Integrais, de preservação ambiental, para discursar ou escrever algo sobre Nanônica, Plasmônica e, principalmente, sobre Neurociência.
       Fico realmente pasmo ao verificar os equívocos publicados na mídia, muitos incongruentes, demonstrando total desconhecimento cientifico, total falta de respeito por estudos sérios, total falta de ética moral, em face de uma discriminação de parcialidade intencional de interpretações fanáticas, em cima da letra que mata, de literaturas religiosas, dogmatizadas e ultrapassadas diante das comprovações científicas.
      O homem não está pronto, e suas obras muito menos.
Estamos adentrando em um Novo Ciclo, em uma Nova Era, o aspecto moral, aponta-nos como um novo recomeço, conhecer a Verdade, para que possamos nos libertar (citação de Jesus Cristo a mais de 2000 anos, atrás “Conheça a Verdade e ela vos libertará”.)
      Termino, assim, este chamamento de respeito à Vida, as Criaturas, ao Criador, ao Meio Ambiente, ao Planeta, ao Cosmos e a Deus (Divino Espírito Único Sagrado).
Não podemos confundir “FÉ” com RELIGIÃO, CRIADOR COM IGREJA e DOGMAS com Ciências.
      Eu creio em DEUS, (DIVINO ESPÍRITO ÚNICO SAGRADO) JESUS é um de meus MENTORES ESPIRITUAIS, um ÍCONE de referência Moral.
      Para mim, JESUS transformou tudo, transformou a LEI DE TALIÃO, dente por dente, olho por olho. Na LEI do AMOR. E é esse AMOR, que está inserido em todos os Sistemas Vivos, ou seja, em toda CRIAÇÃO, desde as bactérias até os humanos.
      Eu só não acredito! Em RELIGAÇÃO, porque sei que não existe nada desligado de nada. Tudo esta ligado a Tudo e contido em DEUS. Os Multiversos Quânticos, ou Paralelos estão contidos no “METAVERSO SINGULARDADE” que está contido em DEUS, ou CRIADOR ÚNICO E SUPREMO DE TODAS AS COISAS. INTELIGÊNCIA MAIOR. SINTO “DEUS” dentro de mim, interagindo e revestindo-me. Esta grande Simbiose Quântica está contida na grande HOLARQUIA DIVINA.

REFLEXÃO: Você vive sem o oxigênio, você vive sem a luz, você vive sem água, você vive sem proteínas, você vive sem o que o Planeta cria e produz, você vive sem as bactéria, sem a matéria orgânica e inorgânica, sem as proteínas?
       É ora de começar a se AMAR e a AMAR a tudo que possibilita a VIDA. Sem tudo isso, acima citado, não tem VIDA.

Para Saber Mais - A Neuroplasticidade Morfológica

Um beijo no coração.
Só o Amor é capaz de Unir de fazer o Ecumenismo Planetário
Dilmar Dutra.