,

“Pensamento”


Imprimir



Eu penso que a realidade em que vivemos sob o foco da observação, nos mostra a unidade com o elo chamado AMOR que está inserido em todos os sistemas vivos como criaturas do CRIADOR que tem seu fim, quando a VIDA acaba pela MORTE. Aliás a MORTE em seu modus continuum é que sustenta a vida pela Cadeia de presas e predadores de forma relativa em sua longevidade. Agora! Se o autoengodo humano pudesse como paradigma ocorrer pela ilação rotulada de IMORTALIDADE de ALMAS, ou de Células e Moléculas, pois almas e ou moléculas, são exatamente a mesma coisa, ou ainda, VIDA.

Esta INVOLUÇÃO acabaria com a VIDA, que por códices do CRIADOR É a MORTE, que sustenta a VIDA, devido MORTE significar alimento pronto para ser digerido e, VIDA significa Organismo que se alimenta da MORTE.

Vida e Morte fazem parte da RELATIVIDADE da EXISTÊNCIA.

JÁ O ESPIRITO ETERNO QUE É A CONSCIÊNCIA, EM GRAU PARA CADA ESPÉCIE DA DIVERSIDADE, como JESUS afirmou a CONSCIÊNCIA é ETERNA e troca de CORPOS, depois da MORTE através de NOVOS RENASCIMENTOS.

Segundo JESUS DE NAZARÉ O GNÓSTICO CRISTIANIZADO a vida e morte unidas como palavras juntas tem o Códice Divino vejam: vidAMORte uma depende da outra para existir e o ELO entre as duas é o AMOR.

Beijos de luz Dilmar Dutra.