“ESPIRITUALIDADE UNIVERSAL E CIÊNCIAS INTEGRAIS, EM SINTONIA PERFEITA”

  “ESPIRITUALIDADE UNIVERSAL E CIÊNCIAS INTEGRAIS, EM SINTONIA PERFEITA”
“RETROSPCTIVAS, REFERENTES À OBSERVAÇÃO DO MÉDIUM, SOBRE CRÍTICAS; SOBRE VISÕES MATERIAIS E ESPIRITUAIS; SOBRE TEORIAS DIFERENTES DE INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS; SOBRE IDÉIAS OUTRAS; SOBRE NOVAS PERCEPÇÕES COGNITIVAS E SUTIS; RELIGIOSAS; MÍSTICAS; EXOTÉRICAS E ESOTÉRICAS; SOBRE DOGMAS E DOUTRINAS”.

Postado em 05 de janeiro de 2010.
Autor: Dilmar Dutra - Médium Científico.

    Até onde nos é dado a conhecer? Que qualidades e direitos, teríamos para criticar?     O que entendemos por evolução? Que visões materiais, teríamos da vida? Que visões espirituais, teríamos da eternidade? O que significam inteligências múltiplas? O que são idéias diferentes (outras)? Até onde existem verdades nas religiões (religações)? O que são dogmas e doutrinas? Qual é a dificuldade em elogiar e reconhecer o que é bom? Onde está a verdade nas opiniões discordantes a respeito do pouco ou nada do que se sabe independente ou não de titulações e rotulações?
É muito interessante o comportamento acompanhado e monitorado, ao longo de anos dos seres humanos. Nosso trabalho, na última década, focou, detalhadamente, cada caso das interrogações iniciais desta matéria.

      Até onde nos é dado conhecer?
      Sob a minha visão, é preciso acompanhar tudo ecumenicamente; arquivar; classificar; avaliar com imparcialidade, respeitando as idéias, as opiniões de cada individualidade, levando-se em conta, que não existem melhores ou piores juízos. O que existe, são juízos diferentes, em graus de consciências; nunca em gêneros, porque entendemos que as consciências não têm uma localização exata. Para nós, “elas”, consciências, não estão num corpo, num órgão localizado, elas “consciências”, estão num campo espiritual, num campo eletromagnético e morfogenético, neste Orbe, e por todo o Cosmos.
      Os Russos, nestas questões, estão anos luz, em nossa frente. Acreditam devido às observações e aos seus estudos, que as partículas subatômicas são inteligentes. Isto é uma conclusão maravilhosa, e demonstra que estamos no caminho certo, em busca da verdade.
      E o caminho, que nos é dado a conhecer, é o caminho das Ciências Integrais. Se focarmos nossos estudos e observações em uma ciência particular, não teremos uma visão Universalista e Ecumênica, eu pergunto:
     De que vale a biologia sem a química? De que valem ambas sem a física? Todas as ciências estão interconectadas. No Universo, tudo está interconectado, tudo é recorrente. Negar isto, significa parar no tempo e no espaço, e isto é uma incongruência, porque todo o Universo, está em expansão e, num momento de total iluminação ciclal, resta-nos três (03) anos para que o nosso sistema solar adentre completamente no Amanhecer Galáctico, manifestando uma nova era de luz, potencializado pela estrela “Alcione”, na “Constelação de Plêiades”. E os seres vivos deste Orbe, querendo ou não, estão saindo da terceira dimensão, e adentrando completamente na quarta dimensão. E isto é benéfico, porque representa uma renovação completa de consciência, pois os fótons do cinturão de “Alcione” trarão uma expansão da visão espiritual, que se estenderá por todo o “Cosmos”, ou até onde esta nova iluminação alcance.
      Todavia! Um fato vem me chamando à atenção, e já há algum tempo referente aos nascimentos de Seres Humanos de ambos os sexos, sob as influências do “cinturão de fótons” da Estrela “Alcione”, uma vez que já adentramos por ele “cinturão”, como dissemos, já há algum tempo. Pessoas, com alguns conhecimentos em Astronomia e Astrologia, usam suas inteligências, objetivando levarem algum tipo de vantagem, no chamado “filão espiritual”, face a uma conscientização crescente da visão de espiritualização da humanidade, sejam videntes ou não. Jogou-se, na mídia, uma idéia que rotularam de “Crianças Índigos, Cristais e Totais”, não importando muito, se merecem de fato, tais rotulações, eu mesmo já as citei. Entretanto, é preciso separar o JOIO DO TRIGO. Tais rotulações viraram modismo, e eu tenho observado que muitos Pais, Mães e próximos, tendem a supervalorizar seus filhos e afins aproximados, e os educam, como se fossem especiais, doutrinando, catequizando, ensinando-os que são diferentes e especiais, dando-lhes esta falsa idéia e cobrando-lhes atribuições que não podem realizar. O fator egoísmo e superioridade se implantam no caráter, influenciando suas índoles. As inversões de valores, as deformações psíquicas são de uma incongruência fatal, porque lhes faltam a expansão de consciência em grau taquiônico, e lhes sobram cobranças em gênero quântico, e isto é demonstrado nos comportamentos, e que nos levam a acreditar, que tais comportamentos deturpados e de desequilíbrios emocionais, são de totais responsabilidades dos Pais, Mães, Tutores e Familiares, Mestres e Próximos, coniventes com estes ensinamentos discriminatórios e parciais e sem a mínima noção espiritual. O que falta na metodologia educacional é a pratica do AMOR.
      Amem-se! O Amor é o único ELO que pode estabelecer a UNIDADE NA VIDA. Quando nos AMAMOS e AMAMOS o próximo, o bom senso prevalece com o respeito pela VIDA e com isso, exercitamos o mínimo que nos é dado a conhecer. Tudo no Universo está em expansão e nossa “consciência” também. Aceitem os fatos, respeitem as novas percepções, pois o Universo é cheio de possibilidades e probabilidades. Libertem-se pela Verdade e se abram com respeito, repensando sobre as leis, as bulas, os regulamentos, dogmas e suas doutrinas, em cima da letra humana que mata, condenam, julgam e sentenciam. A Lei Universalista e Ecumênica, que vem de DEUS são os 10 Mandamentos e em seu primeiro Artigo é “AMAR A DEUS E A TODAS AS COISAS E O PRÓXIMO COMO A SI MESMO”. As Leis Divinas são as Leis da Natureza, são as Leis Universais de “Causa e Efeito”, de “Ações e Reações”.

     Que qualidade e direitos teríamos, para Criticar?
     Primeiramente vamos saber o que significam: “qualidades e direitos”.
     Qualidade é um conceito subjetivo e está diretamente relacionado às percepções de cada individualidade. Eu entendo que é uma coisa muito pessoal e intransferível. Entendo que as necessidades, desejos de expectativas pessoais, influenciam diretamente o conceito multidimensional, onde as diversas facetas podem induzir a erros e equívocos, cristalizando-os fora de suas retóricas, diante da recusa ou aceitação da opinião alheia, como dissemos por ser pessoal e intransferível quem planta a qualidade sob sua opinião, no terreno alheio com certeza irá colhê-la. Ao plantarmos AMOR colheremos AMOR, ao plantarmos MEDO colheremos MEDO. Etc.
      Direito, também é um conceito multidimensional, que vai da percepção e do reconhecimento até as obrigações da ontologia (em grego, ontos e legoi, “conhecimentos do ser” ou “estudo de sua essência”), entre as pessoas da sociedade como um todo, para estabelecer igualitariedade de maneira homogênia. Também têm mão de ida e mão de volta, o que você plantar, você irá colher.
      Aqueles que acham que dispõe desses conceitos subjetivos e multidimensionais para criticar, então, esperem também, ser criticados, por seus juízos, que não são melhores nem piores, do que os dos outros. Os seus juízos são apenas diferentes, e as diferenças precisam ser respeitadas. Titulações, rotulações, profissões, posições sociais, cor, raças e preconceitos, não dão qualidades e direitos, nas questões subjetivas e multidimensionais e podem dar credibilidade, somente, aos seus afins, distanciando-os cada vez mais do Ecumenismo, das Ciências Integrais e de “DEUS”.       O homem não está completo e isto significa dizer “que suas obras também não podem estar completas”. Reflitem!...
     O que entendemos por evolução?
     Nossos estudos e observações mostram-nos que a EVOLUÇÃO só se processa pela “Consciência”. E a “Consciência” não tem uma localização exata num corpo (cérebro) por que ela está em um “campo eletromagnético” ou “campo espiritual”. A consciência é algo produzido pelo “EU MENTE ESPÍRITO”. Para elucidar melhor vejamos as partículas bacterianas (unicelulares), sem cérebros, sem núcleos e sem organelas, mas que dispõem de consciência, de inteligência proporcional e nutricional, e têm decisões (livrearbítrio). Consciência não é uma questão de gênero, é uma questão de grau. A “biologia quântica”, já dá sinais claros de que as “consciências e inteligências” estão inseridas nas partículas subatômicas. A consagração, como disciplina universitária, é só uma questão de tempo.
      A matéria, como um todo, não evolui, ela apenas se transforma, se adapta e vai para a extinção, ou retorna, pela morte ao quarto (4º) estagio, ou seja, plasma ou almas-grupo no plural (multicelularidade) e almas no singular (unicelularidade). Esses plasmas (almas) são fontes de nutrição espiritual. Na verdade as almas e as almas grupo sonham para plasmar e materializar seus “fluídos vitais”. Seus sonhos é que nutrem os espíritos. Na verdade, os fluídos quânticos vitais ou almas e almas grupo, nutrem as energias taquiônicas ou espíritos pelas chamadas superradiâncias, ou coerência global de ondas que percorrem o corpo todo, e os cérebros. Ondas estas oriundas do meio ambiente, ou ainda, do campo de energia (espiritual) que se processa através dos microtúbulos e das membranas dos dendritos (células nervosas), e que podemos afirmar ser a internet do corpo, de todos os neurônios do cérebro, e que atuam em comunicação permanente pela chamada neuroplasticidade morfogenética o tempo todo, onde os neurônios, falam entre eles, simultaneamente e interiormente, onde os microtubulos ajudam a conduzir a energia e criam a coerência global de ondas, por todo o corpo dos animais que têm cérebros, (mecanismo receptor que aproveita a memória do campo zero, pelo tempo de vida). Estes estudos foram efetuados em humanos.
      Umas das fontes de informações neste sentido. Além da espiritualidade, foi publicada recentemente pela jornalista especializada “LYNNE MCTAGGART” em seu livro cujo título é “O CAMPO” (Em busca da força secreta do Universo), publicado, no Brasil, pela Editora ROCCO. Citação de “Hameroff” “Os microtúbulos, dentro das células dos neurônios com seus prolongamentos poderiam ser haste de luz, atuando como guias de ondas para os fótons, enviando essas ondas celulares para todas as células, por todo cérebro, sem nenhuma perda de energia e funcionaria como caminhos vicinais, por todo corpo. Essas transmissões quânticas de mensagens do cérebro aconteciam através de campos vibracionais ao longo dos microtúbulos dos cérebros. Comentário: “A Unidade do pensamento é a unidade da consciência”. Estas experiências laboratoriais do anestesista Hameroff, que revelou e descobriu que, com um processo de anestesia por gás, ocorria uma perda parcial da consciência, ao interromper as ondas elétricas oriundas do ponto zero.
       Outros cientistas do Planeta teorizaram que as bases funcionais dos cérebros, sempre estiveram relacionadas, ou seja, a fisiologia do cérebro e o campo de ponto zero. (DEUS ou SINGULARIDADE) mantinham uma interconectividade permanente, pela memória inteligente e energética do referido campo zero, com todos os fluídos vitais. Com estas explicações concluímos, sentindo-nos muito à vontade, para reafirmar que a evolução é do “EU MENTE CONSCIÊNCIA” que conserva toda memória vida após a morte, fato este, que nos dá certeza diante de nossas próprias comunicações mediúnicas.
      Que visões materiais, teríamos da vida?
      Eu, pessoalmente, vejo na capacitação mental (eu mente, espírito, consciência) toda a visão materialista de forma interpessoal (pela sensibilidade da alma ou plasma; fluído, em captar do meio ambiente toda a informação da matéria).
E de forma intrapessoal (Pela sensibilidade do “Eu mente espírito-campo morfogenético”, em interagir como criador dos “plasmas ou das almas-grupo, corpo plasmado e fluídico”, ou seja, criaturas em contato direto do corpo plasmado citado, com o campo espiritual ou campo mórfico, meio ambiente).
      Observação do médium. Para elucidação, neste caso, é uma comunicação do “Eu mente espírito consciência”, que interage e nos reveste na vida o tempo todo, pela simbiose quântica, em total intercomunicação com a Holarquia Taquiônica e Divina, com os fluídos almáticos corporais com as memórias filogenéticas das membranas internas e externas (pele) do nosso corpo, pela plasticidade, bem como, com o nosso capacitor: receptor e transmissor, chamado de cérebro, que funciona como um computador do genoma com base nas observações e acessa os dispositivos de memória colocados pelo “eu mente consciência”, à disposição do cérebro, pela neuroplasticidade, ou seja, a consciência é espiritual, e, por isso, não têm uma localização exata num corpo, face se encontrar num “campo aberto ou meio ambiente”, dentro do “TODO”, que é o único e campo expansionista].
       Concluindo: Vejo a matéria em estado sólido, líquido e gasoso e fluídico ou plasmático, porque o plasma é o 4º estágio da matéria, em forma sutil.

       Que visões Espirituais, teríamos da eternidade?
       Todas as visões, por percepções e colisões, desde as partículas pré-subatômicas e subatômicas, quando estudamos seriamente a Bioquímica Quântica e Taquiônica, inclusive quando percebemos os sistemas de reparos do DNAs, ainda em projeto. Explicando: Quando a célula é submetida a agentes genotóxicos, as proteínas plasmadas intervêm nas reparações do DNA, e são sintetizadas. Dois (02) sistemas binários (duais) são imediatamente reconhecidos. O sistema SOS e o sistema ADAPTATIVO.

Vejamos:
       Sistema SOS. – Induz luz ultravioleta numa proporção benéfica, ativa a expressão de GENES e tentam corrigir as lesões de SOS. (Uma nota: Quando a luz ultravioleta, em permanente inteiração, intervém diretamente nos fungos e bactérias, manifestam um mutirão, socialmente correto, no trabalho de regeneração do DNAs.
       Sistema ADAPTATIVO. – Aciona paralelamente e consorciadamente, um sistema fóton elétrico de reparação chamado de Fotorreativação, produzindo uma enzima fotolíase com diferentes tipos de mutações, desde as seleções da base matriz, pósreplicativa do projeto e da materialização do DNA, com intervalos de ativação e desativação, até encontrar compatibilidade para a codificação correta e inteligente das partículas subatômicas, que buscam captar, do meio ambiente, o ácido graxo, encontrado, principalmente, em peixes como o salmão e a sardinha, denominado de ômega “3”, ou seja, a boa gordura para a saúde está nas substâncias consorciadas. Uma parte desses estudos científicos foram acompanhadas em laboratórios, por todo Planeta, inclusive no Brasil, pela (Unifesp) SP. O neurocientista brasileiro Fúlvio Alexandre Scorza, afirma, com bases em suas pesquisas, que com a descoberta, até o cérebro é capaz de se regenerar e que crises prolongadas de epilepsia podem lesionar os neurônios.

      Parte destas explicações se encontra no site, com o titulo de “Neuroplasticidade Morfológica” e as fontes são:
       Espiritualidade, que contribui com as noções espirituais que vêm da percepção e comunicação mediúnica, pelo chamado efeito sinesteta.
       E todos os livros atualizados de Bioquímica e de Biologia adotados em todas as Universidades Brasileiras e do Planeta.
       Portanto, as visões espirituais que temos da eternidade, obviamente, diante da lógica e do bom senso, mostra-nos claramente, que o espírito não vive e não morre, ele é eterno. Agora, as almas unicelulares e almas-grupo multicelulares, vivem, morrem, adaptam-se e vão para a extinção, isto porque a matéria, em qualquer estágio, 1º; 2º; 3º e 4ª estágio, vão viver, morrer, transformar, adaptar e ir para a extinção, porque são almáticos (cadeia alimentar de presas e predadores). E os Espíritos se nutrem dos sonhos ou plasmas das almas e almas-grupo.
       Almaticamente, somos o que comemos.
       Espiritualmente, somos o que pensamos.
       E os Espíritos não têm vida, imortalidade é uma incongluência, os espíritos ou energias são eternos.

      Observação do Médium: Morte em Naacal significa alimento pronto para ser digerido, e imortalidade foi uma invenção Tibetana, adotada no baixo Egito, pelas doutrinas do Livro dos Mortos, que funcionava como pagamento, quando não existia o dinheiro, o trabalho era pago com um papiro, que ensinava aos lesados trabalhadores a acreditarem nos códigos em copta, a enganar o demônio para que ele não comesse suas almas e encontrassem a imortalidade. (Razão de todos os embalsamentos e mumificações). É só pesquisar na mídia, onde existem vários documentários sérios produzidos por arqueólogos, egiptólogos e paleontólogos. Sugiro acompanharem os documentários pelos Canais Discovery Shanell, The History Shanell e National Geografic Shanell.
        Em nosso site temos todas as explicações detalhadamente. Visite os demais links.
        O que significam teorias diferentes inteligências múltiplas?
        É preciso, primeiramente, entender o que significam teorias que propõem desembocar na prática. Poderíamos dizer, em regra geral, que falar em sociologia é falar nas ciências integrais em propostas, cuja primazia da filosofia seria o de explicar como sistemas complicados podem gerar, na prática, comportamentos simplificados, além de compreender “DEUS” ou a “SINGULARIDADE” e todas as criações a partir da partícula DIVINA, única matriz primordial, que se manifesta em diferentes criações. Na verdade! Minha opinião complementa em número, gênero e grau, com a explicação que “teorizar etimologicamente” significa ampliar validades sobre as diferenças, para alcançar os mesmos objetivos com limites sempre maiores ou menores (nanônicos) que referendam (confirmem) os conceitos cujos objetivos sejam lógicos, de bom senso, científicos e filosóficos, pertinentes a realização dos desejos do saber, para compreender a criação e o Universo como um “TODO”, ou seja, para mim, um fato imperfeito, face, “diante da não consagração” gerada pela falta de confiança, ou de credibilidade, que só o tempo pode responder no uso da prática que comprove ser verdadeira, para libertar-se das desconfianças, e só os ciclos de tempos devidos a própria recorrência, descobrimentos e redescobrimentos possam ser consagrados.
        Agora vamos compreender o que o Médium entende por “inteligências múltiplas” e que também, não deixa de ser uma teoria.
        Compreendo que é uma alternativa para estabelecer as capacidades de inteligências, cujos conceitos permitam aos sistemas vivos, umas performances maiores ou menores diante da luz percebida das origens bioquímicas em perfeitas sintonias com todas as ciências, ou seja, as ciências integradas, cujas capacidades e habilidades possam, pela busca de soluções capazes e habilidosas, de solucionar e resolver todos os problemas e dificuldades comuns. Diante da incompreensão, esses chamados problemas e dificuldades, se realizam quando desenvolvemos a noção de possibilidades e probabilidades com respeito, aceitando as diferenças e estudando-as com competências, aí sim. Teremos a conclusão de um denominador comum de compreensão pela função semiótica (ajuda para descobrir a verdade pela engenharia cognitiva) caso a caso.
       Com estas explicações, espero que todos possam ter noções de nossas citações quando abordamos o que significam inteligências múltiplas.
       Que são idéias diferentes (outras)?
       Diferenças significam alternativas em numero, gênero e grau para possibilidades e probabilidades, diante da neutralidade: “Entre melhor ou pior”, diferença é apenas uma alternativa que podemos levar em consideração ou ignorar. Normalmente se aplica o termo em caráter pessoal, para expressar que o melhor juízo, é o meu, ao pronunciar a individualidade de cada um.
       Entendemos que todas as idéias devem ser levadas em consideração com respeito diante das diferenças.
       Até onde existem verdades nas religiões (religações)?
       A primeira idéia de religação e de imortalidade das almas, surgiu com os tibetanos pelo chamado Livro dos Mortos, difundido no Tibet (China) e no Baixo Egito, para confrontar os ensinamentos do Alto Egito e suas escolas de Mistérios Espirituais do Criador para as Criaturas. Depois disso, Heron, de Alexandria, transformou as Escolas Espirituais em Escolas Religiosas, a mando de Alexandre Magno e, depois, de Ptolomeu I, implantaram o sistema religatório, para transformá-los nos representantes de “DEUS” na Terra e, com isso, consagrarem o direito de cobrarem os impostos eclesiásticos em nome de “DEUS”.
       A Indústria da Imortalidade era completa, enganavam e lesavam os fieis, e aqueles que se revoltavam e protestavam contra isso e contra as cobranças de impostos eclesiásticos, eram esmagados, trucidados barbaramente, em praça pública, diante do povo para servir de exemplos. O Imperador Otaviano Augustus, adotou depois de invadir o Egito, o “DEUS MITRA” e criou a “Diocese dos Césares”, hoje chamada de “Mitra Diocesana”, tornou-se seu representante no ocidente e oriente (Domínio Romano). O Imperador Constantino, mais tarde introduziu o Cristianismo, substituiu MITRA por CRISTO, mas manteve a “Diocese dos Césares”, chamando de “Mitra Diocesana”, ou seja, a instituição proprietária da Igreja Cristã de Constantino. Os adeptos das religiões (religações) vivem desligados de DEUS, buscando uma religação e acreditam que Sacerdotes religiosos os intermediarão nesta religação em troca de dinheiro. Foram os primeiros Religiosos que crucificaram JESUS através do líder religioso Caifás.
       JESUS CRISTO nunca esteve desligado de DEUS e de seus semelhantes, e a maior prova disto está em seu último pedido: “Pai, perdoai-os eles não sabem o que fazem”. Ao pedir isto, JESUS conhecendo DEUS como PAI da Criação, deixou registrado como ensinamento que DEUS é AMOR e quem AMA compreende e perdoa. A crucificação de JESUS foi uma represália dos religiosos, porque ele, JESUS, haver expulsados os vendilhões do templo lugar em que os povos doutrinados e catequizados, julgavam sagrados e onde “Lá JESUS se recusava a pregar, fazendo suas pregações na Natureza”, JESUS combatia dogmas e doutrinas.
       Eu, pessoalmente, acredito que a única verdade que existe nestas religações (religiões), é quando eles, religiosos, se apropriam indebitamente da fé pregada em DEUS, por JESUS, BUDA, MAOMÉ, e outros lideres Espirituais.
       O que me deixa estarrecido é que todos os processos religiosos foram implantados pelos humanos e com um detalhe absurdo, pela força bruta que é desnecessário argumentar, porque toda humanidade conhece.
        Entretanto, o Cristianismo foi a minha escolha pessoal, não como religião, sintonizo-me com o mestre JESUS, porque professa o que acreditamos, o AMOR como ensinamentos espirituais e ELO, para o ecumenismo universalista.
       A inquisição religiosa, nada tem haver com JESUS, mas sim, com os religiosos que a criaram, a decisão de ganhar adeptos a força, incentivou-os a criar bulas para punir crimes contra a fé Católica. As gerações sem opções espirituais tiveram que aceitar, e estas coisas se consagraram, e se alastram cada vez mais pelo Planeta. Com certeza esta noção religatoria só existe neste planeta, apesar das Ciências Integrais, constatarem que nada está desligado de nada, tudo no universo interage entre si, por campos abertos inseridos e Sagrados, onde tudo está ligado a tudo e todos estão ligados a todos. Somos um no Amor.
      Que são dogmas e doutrinas?
      Os chamados dogmas, na verdade, são doutrinas de crenças impostas na contra mão da evolução e da expansão de consciência, e que não admitem contestações e não permitem discussões. São sentenças humanas, em cima da letra que mata. “É assim pronto e está acabado”. No cristianismo primitivo, condenava-se e matava-se em nome desses dogmas de fé cega, hoje o procedimento é buscar a desmoralização, desacreditando e ridicularizando os que protestam contra esta doutrina equivocada.
Iremos agora citar a mais antiga definição de dogmas e doutrinas de que se têm notícia, ou seja, a definição do sumo sacerdote da Escola de Mistérios Espirituais do Criador para as Criaturas CHIQUITET ARELICH VOMALITES, denominada Naacal, na antiga Atlântida o continente desaparecido.
       CITAÇÃO: “Zep-Tepi”. O Tempo Novo do “Amanhecer Galáctico” é ciclal e ocorrem, a cada 25920 anos no Sistema Solar, “Era do conhecimento e do poder”, onde será preciso usar os “Sólidos Geométricos”, para encontrar as forças telúricas do Planeta e reconstruir ou construir novas formas Piramidais, para ressoarem e transformarem as vibrações almáticas fundamentais, inseridas pelas energias espirituais (campos interligados com o Cosmos) para que a vida (todos os sistemas de vida) alcance o progresso, adquirindo noções espirituais, que foram deturpadas pela base dogmática doutrinal religatoria, e muito perigosa, pois embaralham todos os sistemas de crenças para desligar e desviar, confundindo os humanos, deturpando os conhecimentos com mentiras, cujos objetivos são impostos à força, ou pela catequese, ou ainda, pela doutrinação dogmatizada, usando carismas para conduzir as massas humanas, lavando-lhes toda cognição mental com uma tinta, para impedir que os humanos olhem para dentro de si, reconhecendo DEUS pelo AMOR, pelo MEDO e pela decisão (livrearbítrio), manipulando-os, com cobranças, lesando a humanidade para viverem do assistencialismo, chamado de pão da vergonha, impedir que com bulas e regulamentos, suas atenções estejam afastadas do meio ambiente, onde a verdadeira beleza deste campo espiritual, possa ser observada e se aproximar de DEUS livremente e espontaneamente, subjugando-os, a irem a DEUS através “deles”, sob forma de pagamentos assistencialistas de forma consciente ou imposta. E, assim, deixam de adquirir a liberdade pela verdade e pela observação científica e integrada com a espiritualização, para transcenderem da vida e da morte, encontrando a paz e a harmonia, ao deixar o corpo e retornar ao campo aberto e interligado, a todos os campos de energias espirituais contidos no campo “Taquiônico Expansionista” e chamado de DIVINO ESPIRITO ÚNICO SINGULAR OU “SAGRADO”, ou seja, “DEUS”. Autor da definição: “Chiquitet Arelich Vomalites”. (Na Integra).
      Qual é a dificuldade em elogiar e reconhecer o que é bom?
      É obvio que a dificuldade de elogiar e reconhecer o que é bom, dependem muito da expansão da consciência, depende muito de bom senso, honestidade, capacidade de imparcialidade e julgamento sobre a igualitariedade das diferenças, respeito à vida, ter noção do socialmente correto, pelo acompanhamento e observação do que estão ultrapassados e fora do contexto científico, ou acreditar que uma ciência particular sozinha, possa ter todas as respostas. Existem ainda, aqueles cujos interesses, egoísmos, vaidades, julgamentos de autosuperioridade, imaginam ser os donos da verdade, alem daqueles que tiveram lavagens mentais, catequizados e doutrinados, principalmente, se fechar dentro de um campo mental conservador.
Todos os campos morfogenéticos, elétricos, magnéticos, quânticos e taquiônicos estão abertos e contidos, no Campo Taquiônico ou Akáshico que está em expansão emergente, recorrente, infinitamente pela eternidade.
       Campo fechado, seja ele qual for, será explodido ou implodido. As colisões acontecem por todo Universo, com a finalidade justamente de desintegrar os corpos, campos fechados e mentes fechadas. A expansão e ocupação abrangem tudo: corpos, campos, mentes, malhas eletromagnéticas, fluídicas, éteres, etc.
        Nossa percepção e certeza nos deixam, à vontade, porque, reconhecemos o que é bom, e elogiamos, unimos a Espiritualidade com as Ciências Integrais. Aproveitamos e respeitamos todas as diferenças, divulgamos, dando os créditos a quem de direito.        Não nos apropriamos de nada, damos de graça o que recebemos de graça, e estamos abertos a troca de informações, venham de onde vierem. Não nos recusamos a participar de diálogos civilizados, palestras, simpósios, estudos, independentes de quais sejam as instituições e suas crenças. Acreditamos que não existem obras e construções que possam ser atribuídas a um ser humano só.
        Nossos estudos consorciados, meu e do Coronel Professor José Eduardo Antonio de Mattos, alcançam nossas esposas: Marlene Chaves Daltro Santos e Angela Maria Bertozzi de Aquino Mattos. Acompanhamos todos os estudos sérios e atualizadíssimos, divulgados na Mídia, confrontamos, com as revelações espirituais e constatamos estarem em perfeita sintonia e ligadíssimos, dando-nos a certeza de que estamos no caminho certo.
       Abro aqui um espaço para falar das “Leis Termodinâmicas”. Nós sempre as questionamos, tanto a “primeira Lei” como a “segunda Lei”, no que concerne a “campos fechados” e “sistemas fechados” pelas razões expostas no item anterior, porque acreditamos nos “sistemas expansionistas”, onde tudo evolui e se expande no “Universo” e nossos estudos, observações e confrontos de opiniões abalizadas, levam-nos a concluir que no Universo, tudo está em expansão e aberto às possibilidades e probabilidades e isto por si só, já é o suficiente para derrubar as duas leis termodinâmicas. Quero aproveitar e dizer que nossa opinião não é um fato isolado no Planeta, muitos são os Cientistas, Biólogos, Geneticistas, Químicos e outros estudiosos que as questionaram também.
       Questionamos, também, pela correlação entre fenômenos mecânicos, térmicos, quânticos e taquiônicos, a encarnação espiritual, como é pregada e doutrinada, porque temos a certeza, de que os espíritos, interagem e nos revestem em 25%, aproximadamente, e que 75% do espírito, encontra-se no meio ambiente apropriado, ou “Campo morfogenético, energético ou espiritual” mesmo porque, se a energia espiritual adentrasse totalmente em um corpo o explodiria. O que interage é o “EU MENTE CONSCIÊNCIA” partículas subatômicas inteligentes. E o que reveste é a membrana, com memória filogenética. E o veículo que alimenta os corpos são os microtúbulos, a plasticidade e a neuroplasticidade, que retiram tudo do meio ambiente apropriado, escolhendo, arbitralmente, o que desejam para dar sustentação a todos os        “sistemas vivos”. Temos muito material falando sobre isso, no site.
        Onde está a verdade nas opiniões discordantes a respeito do pouco ou nada, do que se sabe independente ou não de titulações?
        É difícil para quaisquer humanos, dizer quais opiniões professam a verdade entre discordâncias a respeito do pouco e do nada, do que se sabe. Sabemos apenas com certeza, que títulos e rótulos não dão cognição a ninguém. Títulos dão licença para errar ou acertar, rótulos podem ser verdadeiros ou falsos, ou ainda, pseudos (falhos), acreditamos que os conceitos de rótulos, também são subjetivos e multidimensionais. Rotular também têm mão de ida e mão de volta. Essas rotulações são perigosas pessoais e intransferíveis porque é um julgamento. Não importa se para o bem o para o mal, têm mão de ida e mão de volta, o que você plantar você irá colher. Rotulação é uma terminologia muito usada para denegrir, caluniar e difamar os semelhantes. Seria ótimo se os seres humanos pudessem respeitar-se mais.
       

Um forte abraço e um beijo no coração. Dilmar Dutra - Médium Cientifico e Espiritual