A VIVÊNCIA XAMÂNICA DE UMA PERSPECTIVA CIENTÍFICA, QUÂNTICA E HOLOGRÁFICA

Por Eduardo Chianca Rocha

“Pouca Ciência nos afasta de Deus, muita nos aproxima.” Louis Pasteur.

 

PARA REFLEXÃO, GOSTARIA DE COMPARTILHAR ALGUNS PONTOS DO CÓDIGO DE ÉTICA DOS NATIVOS CHEROKEES, DA AMÉRICA DO NORTE:

“Trate a terra e tudo que nela habita com respeito....mantenha-se próximo ao grande espírito... mostre grande respeito por todos os seres ...trabalhe junto pelo beneficio da raça humana... faça o que você sabe que é certo... cuide do bem estar do corpo, da mente e do espírito.. ..dedique uma parte dos seus esforços para o bem maior ..seja sempre verdadeiro e honesto...assuma total responsabilidade por seus atos..”

Completei ontem em Recife, na UNIPAZ, a minha centésima experiência de vivência xamânica Pleiadiana, com o objetivo de harmonização dos chacras, de expansão da consciência e, conseqüente ativação do nosso corpo de Luz. Por causa desta marca significativa, deste centésimo “gol”, gostaria de compartilhar para um número maior de pessoas o que geralmente esclareço antes de cada vivência. A maioria das pessoas “com pouca ciência”, tende a ver esta experiência como algo místico, esotérico, mágico, fantasioso, coisa de índio primitivo ou mesmo puro charlatanismo. Espero que após estes poucos pontos, apenas com o propósito de ativar o processo de busca interior, haja uma maior percepção da realidade sub-adjacente, invisível.

O objetivo aqui é demonstrarmos através de um novo paradigma científico, quântico e holográfico, toda a fantástica ciência divina por trás de uma aparente simples experiência primitiva. Fazendo uma comparação atual, a maioria das pessoas que usam o computador não tem a menor idéia da imensa tecnologia avançada que ocorre nos bastidores, ou no mundo implicado, oculto, como diria o físico David Bohn, quando fazemos o simples clicar em um ícone da tela do computador ou quando fazemos uma pesquisa de uma palavra chave no Google.

Nestes exemplos existe uma grande complexidade cientifica que a maioria das pessoas, como usuárias, não toma consciência da realidade existente. Vamos entender alguns eventos, de uma forma bastante simplificada, o que ocorre durante uma experiência xamânica. Existe uma farta literatura sobre isto, tanto livros como na internet, que se for estudar em profundidade, o período de uma encarnação é insuficiente.

Este conhecimento foi intencionalmente obstruído pela igreja católica romana, com a morte das curadoras ( denominadas de bruxas e queimadas vivas durante a “santa inquisição”, dos celtas, os aborígines da Austrália, os povos nativos de todas as Américas, a escravidão dos africanos, etc...Este conhecimento está voltando atualmente através de várias pessoas que estão relembrando das suas encarnações anteriores e estão resgatando este conhecimento ancestral, da Verdade e de Deus. São os chamados neo-xamãs ou xamâs urbanos.



XAMÃ, XAMANISMO: O termo xamã é originário da Sibéria, e em inglês é traduzido como “medicine man”, homem médico ou curador. O xamã é um profundo conhecedor da natureza, das suas leis, que são manifestações de Deus, e da sua força. Conhece profundamente o ser humano e a sua capacidade inata de cura e a sua relação holística, integral com o Universo e com o Deus cósmico, o Grande Espírito.. Em termos atuais, é um ser quântico e holográfico, espiritualista, entendedor do visível e do invisível, ou do explicitado e do implicado, do macro e do micro, um Ser multidimensional, que age na terceira dimensão, transita na quarta e vai beber na fonte da sabedoria da quinta dimensão, os registros akashicos ou na noosfera. Afinal, como já dizia o mestre Hermes Trimesgistus,
“o que está embaixo é como o que está em cima”.


INTENÇÃO – fazemos várias intenções que é a forma de nos comunicarmos com o nosso Eu Superior, a nossa essência divina ou espírito, e, consequentemente com o cosmos, com todas as forças da Natureza. Através da intenção abrimos mão temporariamente do nosso livre arbítrio do Ego, que é uma lei sagrada neste planeta, e nos conectamos ao universo holográfico. Lembro que na década de 80, depois de 1987, coloquei uma intenção de transformar a terapia holística em uma ciência, com equações matemáticas, etc, atualmente existem muitos pesquisadores em todo o planeta fazendo isto.


INVOCAÇÂO – a invocação é a forma de chamar as formas superiores, de nos conectarmos ás poderosas egrégoras das dimensões espirituais e da Hierarquia Espiritual, a Grande Fraternidade Branca. Por esta razão o mestre Jesus dizia: “Quando dois ou mais estiverem reunidos em meu nome aí Eu estarei”. Jesus é também um grande cientista quântico. Invocamos os Seres de Luz, Pleidianos, as energias dos mestres ascensos, as forças da natureza, nos conectamos com o nosso Eu Superior. Na meditação pleiadiana usamos a grande Invocação, que é uma prece universal que atende a todas as religiões e, creio, será a única oração do futuro, a medida que a humanidade caminha na direção da espiritualidade, quando se libertar das religiões convencionais e teremos todos uma religião cósmica ou xamânica. Vide a GRANDE INVOCAÇÃO


A ATENÇÃO – Existem aqui dois aspectos importantes, uma da física quântica ou outro da moderna neurofisiologia. Primeiro, a física quântica é a parte da ciência que estudo o comportamento das partículas subatômicas, dentro do átomo, tipo elétrons e outros. Um dos princípios básicos da física quântica é que o “observador interfere no objeto observado”. Quando levamos a nossa atenção para as nossas mãos, ou qualquer outra parte do corpo, ou para a pessoa do nosso lado, movimentamos a nossa energia vital existente no corpo etérico, que é um corpo quântico de elétrons.
Segundo, já está comprovado através de vários experimentos em laboratórios de vanguarda que o nosso cérebro é um imenso gerador de ondas magnéticas, uma poderosa usina energética, conectados aos trilhões de células de nosso corpo, de forma simultânea, “on-line”, ( ou não-local, em um linguajar quântico) e sem fio (wire-less).


Foi para salientar o imenso poder da mente, que o mestre Jesus, parabolicamente disse: “Quando pensas em matar, matas-tes.”. A humanidade “moderna” do mundo ocidental não tem a menor idéia do poder da mente.

SINCRONICIDADE – Como as intenções e as invocações estão de acordo com o Plano Divino na terra, do Amor, da Evolução Espiritual, Expansões da Consciência, Cura ou Tratamento de Desequilíbrios, entramos na Sincronicidade do Universo, na mesma freqüência de Ressonância da Natureza e entramos no fluxo da Conspiração Cósmica que está disponível para todos que buscarem. Em resumo, nos sintonizamos com as vibrações da Terra e do Sol.


O TAMBOR – O tambor é o instrumento musical mais antigo que se tem notícia no planeta terra e o seu toque faz despertar a nossa consciência ancestral coletiva, poderosos arquétipos adormecidos na nossa memória inconsciente, de milhares de anos atrás, quando estávamos conectados aos ciclos da terra, da lua, do sol e das estrelas.
Não estávamos “separados” da natureza e de Deus com a maioria da humanidade ”moderna” atual.

O SOM DO TAMBOR – existem várias batidas para o tambor, guerra, cura, etc. A batida de cura, faz o nosso coração entrar em uma ressonância magnética, em uma freqüência mais baixa, entre 8 e 9 ciclos por segundo, chamado de estado alfa, e é a mesma vibração da terra, chamada de Ressonância Schulmann., que é a vibração do “coração” da mãe terra. Neste estado saímos da freqüência cerebral beta, característica do hemisfério cerebral esquerdo, do mundo material, dos cinco sentidos físicos, para o hemisfério direito, feminino, intuitivo, holístico, e conectado ao todo da natureza. Esta vibração ativa o timo. O som ancestral do tambor também funciona como um chamado para as forças da quarta dimensão que estão sintonizados com estes processos naturais de cura, atraindo peles-vermelhas ou os caboclos como se chama no Brasil.

A ATIVAÇÃO DO TIMO E O SISTEMA IMUNOLÓGICO – A glândula endócrina timo, que está coladinha no nosso osso externo, no meio do peito, no lugar que colocamos a nossa mão quando apontamos para nós mesmos (observe que não apontamos para a cabeça quando nos referimos a nós) e encostadinho no coração. Ele é o responsável, o diretor, do sistema imunológico, pela cura do nosso corpo. Está relacionado ao chacra cardíaco, á energia do amor. Ele sintoniza as freqüências magnéticas na cor verde irradiada pelo reino vegetal, que cura.

A VISUALIZAÇÃO CRIATIVA – Já está comprovado cientificamente que nossa mente, que comanda o cérebro e este diretamente ligado ás nossas células, transforma os nossos pensamentos em realidade energética. Baseado neste princípio, o Dr. Carl Simonton, aclamado oncologista da Califórnia onde faz o tratamento contra o câncer utilizando a visualização criativa, em que o paciente imagina as células brancas-produzidas principalmente pelo timo-, lutando contra as células cancerígenas, com excelentes e comprovados resultados de cura.



O ALINHAMENTO MAGNÉTICO. - Como parte da atividade é efetuada com a pessoa deitada na direção norte-sul, com a cabeça para o Norte, existe uma ressonância magnética entre a aura da pessoa e o campo magnético da Terra e a estrela Alcione, na constelação das Plêiades. Inclusive esta é a posição mais saudável para dormir e faz parte das recomendações do Feng Shui.


O CÍRCULO – Existem três aspectos no círculo, o místico, o geométrico e um científico.
No primeiro, é o círculo ou o zero, representa tanto o universo com o Deus. O segundo, geométrico, é a figura perfeita e o terceiro, cientifico, é onde existe o melhor fluxo energético dos campos magnéticos. Por esta razão todos os motores possuem rotores cilíndricos ou o grande colisor da Hádrons, que é o maior círculo construído pelo ser humano, com propósitos científicos.


O CRISTAL – É do conhecimento da ciência relativista que a maior vibração existente no planeta é a velocidade da Luz do Sol. De acordo com ensinamentos dos Cherokees, a vibração do cristal é mais do que o dobro da Luz. Logo, o cristal pode ser considerado como Luz materializada e eleva e vibração do ambiente aonde ele se encontra. Além disto, o cristal pode ser programado com informações, símbolos e, o mais importante, ele amplifica o pensamento humano. Por esta razão, foi escondido este conhecimento ao longos dos séculos, pois a antiga Atlântida foi destruída a partir do mal uso dos cristais por magos negros.


A RESPIRAÇÃO – a respiração consciente, feita com ciência, produz resultados maravilhosos no ser humano, pois além de captarmos uma maior quantidade de energia vital da natureza, fazemos também harmonização das emoções, afetando o ritmo cardíaco e aumentando a irrigação sanguínea do cérebro.

EU SOU UNO COM MINHA PRESENÇA DIVINA E CRÍSTICA EU SOU
E NEHUM OUTRO PODER PODE ATUAR

AHOÔ

USO DE MANTRAS – São utilizados poderosos mantras de cura, tais como o MANU, largamente usado em Freqüências de Luz, cuja combinação sonora faz despertar todas as células do nosso corpo, como é do conhecimento dos antigos essênios e, consequentemente do mestre Jesus.


CONCLUSÃO - A experiência xamânica, como a conduzimos em Freqüências de Luz, por orientação dos seres Pleiadianos, tem o objetivo principal de purificação energética, de expansão da capacidade de absorção de altas vibrações originárias das Plêiades, do cinturão de fótons, e uma conseqüente expansão da consciência, além de produzirem vários efeitos e sensações físicas, que são percebidos pelos participantes, como relatados nos depoimentos e partilhas no final do evento:

1- acalma o coração e harmoniza o sistema emocional,
2- ativa o timo e consequentemente o sistema imunológico e processo de cura físico,
3- faz a ligação harmônica com o coração da terra, nos deixando mais ancorados com as energias telúricas de Gaia. 4- ativa o hemisfério cerebral direito, pois faz baixar a freqüência cerebral nos levando a uma estado mais sutil de consciência, que permite lembranças de vidas passadas, lembrar da missão no planeta, contato com seres de outras dimensões de Luz, etc.
5- harmonização dos chacras e alinhamento dos vários corpos energéticos, o que gera a sensação de paz e plenitude comum no final da vivência.
6- é um processo de “religare” com a nossa essência divina, com a nossa totalidade.
7- É uma forma de ativação do nosso corpo de Luz.
8- Aumenta o nível de percepção de si mesmo e do entorno, com sensação de cores, seres, luzes, perfumes, outras dimensões, etc.

Poderia enumerar outros detalhes, mas o objetivo aqui é apenas o de despertar a consciência um pouco além da experiência tridimensional que estamos vivenciando, e que aprisiona a maior parte da humanidade Ocidental hoje existente, e como bem expressou o pensador William Shakespeare, quando disse
“que existe muito mais coisas entre o céu e a terra...”.